Compartilhe
Garuva

Programa Humaniza Garuva chega às Unidades Básicas de Saúde em novembro

Publicado em 30/10/2019 às 15:05 - Atualizado em 30/10/2019 às 15:05

A partir do dia 01 de novembro, a Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de Garuva adotará o Programa Humaniza Garuva. A iniciativa tem por objetivo principal tornar as Unidades de Saúde mais acolhedoras aos usuários, além de qualificar o atendimento inicial em todas as unidades da cidade.

O novo modelo foi construído com base em um diagnóstico feito com a população e diretrizes do Ministério da Saúde. "Queremos que todos os usuários sejam acolhidos, que tenham suas demandas ouvidas e que sejam atendidos", explica o secretário municipal de saúde, Roland Ristow Junior.

Além disso, o Programa Humaniza Garuva visa melhorar a orientação dos pacientes que chegam as Unidades, facilitar o direcionamento para atendimento correto, evitar a desinformação e também acabar com a cultura das filas na madrugada.

Na prática, a partir de agora, o usuário que procurar uma unidade básica será recepcionado por um servidor denominado de facilitador. Ele fará o primeiro contato, procurando saber qual a necessidade do usuário; posteriormente, realizará os encaminhamentos de forma adequada. É uma pessoa que conhece o processo e que trabalhará para facilitar o acolhimento.

Por exemplo, se a unidade em que o usuário comparecer não oferecer a vacina de febre amarela, não há necessidade de pegar ficha e ficar aguardando para ter essa informação. O facilitador dará essa resposta e direcionará o usuário para a unidade mais próxima, onde encontrará a vacina no mesmo dia, se assim desejar.

Paralelamente ao Programa Humaniza Garuva, a Secretaria de Saúde também desenvolverá o Projeto do Acesso. A iniciativa ocorrerá em casos de atendimento médico ou de enfermagem. Com base nas queixas do paciente e nos sinais vitais, o profissional de enfermagem qualificado, que ficará responsável por escutar as primeiras demandas do paciente, irá definir a classificação de risco e direcionar o atendimento, seja para a manhã, tarde, no dia seguinte ou até mesmo, em casos menos graves, agendar para outra data.

Neste novo modelo, a ênfase será na Gestão de Agenda. A agenda do profissional terá que ser dividida entre o atendimento de pacientes de controle (idosos, hipertensos e diabéticos, por exemplo), além de consultas de retorno e casos agudos, que surgem todos os dias. Atualmente, a maior parte dos servidores da Secretária de Saúde já passou pelo treinamento e está apta para dar inicio ao Programa.

Após três meses de funcionamento dos Programas, as unidades passarão por uma avaliação, que será feita por uma comissão integrada com membros da Secretaria de Saúde e do Conselho Municipal de Saúde (CMS). Se o funcionamento estiver dentro do previsto, receberá o certificado do Programa Humaniza Garuva. Caso contrário, serão feitos ajustes para que a unidade atenda o que é proposto.

 

Fonte: Prefeitura de Garuva


Rua Max Colin, 1843, Centro, Joinville - SC
CEP: 89204-635